Repense a Segurança Comportamental

As abordagens tradicionais em segurança no mercado não alcançam a melhoria contínua do desempenho, e para isso, nós utilizamos a abordagem mais efetiva através do Behavior Based Safety (BBS) ou Segurança Comportamental, sendo uma das mais importantes iniciativas para a melhoria da Segurança nos últimos 35 anos.

O BBS – Behavior Based Safety ou Segurança Comportamental é um processo que oferece às organizações a oportunidade de aumentar o nível de excelência em segurança pela promoção de uma resposta rápida aos indicadores pró-ativos, construindo o senso de propriedade, a confiança, unidade nos times e fornecendo oportunidades de empowerment relacionadas à segurança do funcionário. Igualmente importante para a cultura organizacional, o BBS fornece, à gestão da linha ou da operação, a oportunidade de provar e demonstrar os seus valores no local onde a verdade ocorre – a operação.

Este pode ser o momento de avançar. Não por que os princípios da gestão do comportamento seguro estejam defasados, pois eles foram definidos a partir da década de 70. Mas porque o mundo e as pessoas mudaram, e há formas melhores para aplicar segurança atualmente.

NÓS ADAPTAMOS E IMPLANTAMOS PROCESSO DE SEGURANÇA QUE ATENDEM AS NECESSIDADES DA ORGANIZAÇÃO

OS TRÊS TIPOS DE ABORDAGEM

O processo de segurança comportamental pode ser implantado de várias formas que se agrupam em 3 abordagens:

Top Down: um processo conduzido pelos gestores que medem o comportamento e fornecem o feedback individual, fornecendo recomendações para a melhoria.

Bottom up: um processo conduzido pelo funcionário operacional para encorajar a participação. Ocorrem observações entre os colegas da operação e o time de segurança analisa os dados e envia as recomendações ao time de gestão.

Coletiva: há a participação dos gestores e do pessoal operacional para realizar as observações. A análise é feita pelo time de segurança ou pela gestão do programa, de forma a identificar as oportunidades de melhoria e fazer as recomendações

OS 6 PILARES DA SEGURANÇA COMPORTAMENTAL

Qualquer programa de segurança comportamental deve procurar incluir os 6 pilares, que são:

Sensibilização: Para aumentar o entendimento e reduzir resistência.

Gestores: Para liderar pelo exemplo e apoiar o processo.

Propriedade: Para aumentar a participação e desenvolver o comprometimento com a melhoria contínua

Feedback: Para reconhecer e apreciar o comportamento seguro e entender as formas de ocorrência do comportamento de risco.

Análise: Para objetivamente identificar os fatores sistêmicos que levam ao ato inseguro e para permitir que as recomendações de melhoria sejam precisas.

Nossas soluções

Fundada em 1996 a M&M Tecnologia Comportamental guia as empresas na melhoria da sua performance de segurança, usando abordagens positivas e fundamentadas na ciência da engenharia comportamental para garantir a sustentabilidade da cultura de segurança no longo prazo.

  • As técnicas ensinadas no treinamento, visam valorizar e elogiar os comportamentos positivos e sinalizar os comportamentos com oportunidades de melhoria, sem a conotação punitiva. Então esta prática tornou o relacionamento do coordenador com a equipe mais amigável e franca. Em geral, melhorou a relação de confiança.

    Mário Pelissaro, Elektro
  • Aprendi com a M&M que ações pró ativas reduzem acidentes. O treinamento também ajudou as equipes a perceberem que há o momento certo para dar feedback, tanto positivo quanto negativo. Pessoas engajadas, comprometidas no serviço, hoje ficam felizes em saber que são acompanhadas.

    Marcelo Pereira Elektro
  • Esse treinamento nos proporcionará mais efetividade nos nossos comportamentos. O curso foi excelente e trouxe novos métodos para monitoramento da equipe.

    Amarildo Ap. Gandolphi Elektro
  • O treinamento ajudou o meu aperfeiçoamento para direcionar a minha equipe para o sucesso da empresa. Foi ótimo treinamento, muito objetivo.

    Anderson Mattza Supervisor de Manutenção, Lanxess
  • Motivador

    Eduardo Pontes Gerente de HSEQ
  • O treinamento foi muito produtivo. Aprendi muito. Uma nova experiência que gostei muito. Gostaria que tivesse mais treinamentos desses. MUITO BOM. André dos santos Vicente, Líder de Montagem, Safecon Os temas abordado “tocaram” as emoções dos participantes provocando reflexão sobre o seu papel na gestão da segurança.

    Lincoln Martins da Rosa Gerente Industrial, Lanxess
  • Seu dinamismo, desenvoltura e carisma, aliados ao domínio do tema, fato este patente de quem vive o que fala, tornaram o dia excelente. Obrigado.

    Roberto Cayret Filho Coordenador de Supply Chain, Lanxess
  • Excelente treinamento, que mostrou a importância da partipação da liderança na operação e a busca de uma melhoria contínua dos processos. Obrigada!!!

    Rosangela Barbosa Gerente de Unidade operacional, Lanxess
  • Pode ser aplicado no seu trabalho e na vida pessoal.

    Wellington Marengoni Gerente de Obras, CPFL
  • Oportunidade ímpar e de grande valia para fortalecer a cultura de segurança dentra da organização.

    Tiago Spricigo, Gerente de Segurança SETA Engenharia

Repense a Segurança Comportamental

A sua cultura de segurança é a soma de todos os comportamentos que os seus líderes, funcionários e contratantes escolhem para fazer. Os comportamentos são qualquer coisa que as pessoas fazem ou dizem. Tudo o que eles fazem e dizem influencia a sua cultura de segurança.

Melhore o
comportamento
continuamente