Receba nossos conteúdos por E-mail

Cadastre-se e receba materiais exclusivos semanalmente

 









Percepção de Riscos

Pelo menos 50 % dos acidentes e erros decorrem de um problema de percepção.

Ao aprendermos a lidar com a percepção podemos atuar para Melhorar a Percepção e Aumentar os Acertos, reduzindo os acidentes.

As características do risco, assim como o quanto se sabe sobre ele, o seu controle sobre as consequências e o impacto em futuras gerações, influenciam as suas percepções.

Acidentes em reatores nucleares é um exemplo de um perigo que aumenta a pontuação do fator medo. Há semelhança de percepção de riscos sobre alteração em DNA’s, produtos transgênicos, eletricidade, etc.

Os colaboradores tendem a subestimar o risco das tarefas que eles realizam frequentemente. Esta variação é chama de “Habituação do risco”. Ela é devida aos colaboradores se acostumarem à exposição ao risco e consequentemente, sub-avaliarem o mesmo, tornando-se complacentes, por nunca ter experimentado um acidente, então é aceitável manter está ação.

Um colaborador de linha experiente, numa cerâmica, perdeu a primeira falange do indicador direito. Os pisos cerâmicos eram transportados por correias elásticas e um dos pisos transportados saiu de posição sobre a polia.

Infelizmente, a polia estava desprotegida (falha de projeto). Detalhe importante: o colaborador sabia que não devia colocar a mão lá. Ao colocar a mão sugere-se que ele foi complacente com o risco.

Por outro lado, há evidências de que os trabalhadores superestimam o risco em tarefas notoriamente perigosas, operações que não são frequentes ou riscos que produzem o sentimento de “ameaça / medo”, não sabem sobre-estimar o risco quando eles se fixam muito nas consequências e não na probabilidade de ocorrência do evento danoso.

Dois colaboradores perderam a vida quando foram envolvidos pelo monóxido de carbono produzido por um conjunto motor bomba a combustão, que foi colocado num poço para drenagem. A sua falta de conhecimento sobre o uso correto de moto bomba tornou-os “inconscientes” sobre o perigo que os envolvia.

É vital a implantação e desenvolvimento do comportamento seguro, que eleve a percepção de riscos dos colaboradores sobre a importância dos riscos com pequenas consequências e altas probabilidades quando fizerem análises de risco.

P360

Os acidentes acontecem geralmente quando um colaborador não identifica todos os perigos potenciais que envolvem a operação, assim a eficácia da avaliação do risco depende da precisão do julgamento. Sabemos que a baixa percepção de riscos é o fator principal a ser abordado quando falamos em prevenção de acidentes, hoje, corresponde a mais de 50% dos acidentes dentro de uma empresa.

Oficina de percepção

Guie os colaboradores a terem a exata percepção de risco dentro de suas funções, garantindo uma gestão eficaz da segurança. Os acidentes acontecem geralmente quando um colaborador não identifica todos os perigos potenciais que envolvem a operação, assim a eficácia da avaliação do risco depende da precisão do julgamento.

Quando o Risco não é um risco

A percepção precisa do risco por todos os funcionários, dentro de uma organização, é importante para uma gestão eficaz da segurança e saúde. É mais provável que ocorra um acidente se os funcionários não identificam todos os perigos potenciais ou avaliam erroneamente os riscos ao realizar as operações.

Nossas soluções

Fundada em 1996 a M&M Tecnologia Comportamental guia as empresas na melhoria da sua performance de segurança, usando abordagens positivas e fundamentadas na ciência da engenharia comportamental para garantir a sustentabilidade da cultura de segurança no longo prazo.

  • As técnicas ensinadas no treinamento, visam valorizar e elogiar os comportamentos positivos e sinalizar os comportamentos com oportunidades de melhoria, sem a conotação punitiva. Então esta prática tornou o relacionamento do coordenador com a equipe mais amigável e franca. Em geral, melhorou a relação de confiança.

    Mário Pelissaro, Elektro
  • Aprendi com a M&M que ações pró ativas reduzem acidentes. O treinamento também ajudou as equipes a perceberem que há o momento certo para dar feedback, tanto positivo quanto negativo. Pessoas engajadas, comprometidas no serviço, hoje ficam felizes em saber que são acompanhadas.

    Marcelo Pereira Elektro
  • Esse treinamento nos proporcionará mais efetividade nos nossos comportamentos. O curso foi excelente e trouxe novos métodos para monitoramento da equipe.

    Amarildo Ap. Gandolphi Elektro
  • O treinamento ajudou o meu aperfeiçoamento para direcionar a minha equipe para o sucesso da empresa. Foi ótimo treinamento, muito objetivo.

    Anderson Mattza Supervisor de Manutenção, Lanxess
  • Motivador

    Eduardo Pontes Gerente de HSEQ
  • O treinamento foi muito produtivo. Aprendi muito. Uma nova experiência que gostei muito. Gostaria que tivesse mais treinamentos desses. MUITO BOM. André dos santos Vicente, Líder de Montagem, Safecon Os temas abordado “tocaram” as emoções dos participantes provocando reflexão sobre o seu papel na gestão da segurança.

    Lincoln Martins da Rosa Gerente Industrial, Lanxess
  • Seu dinamismo, desenvoltura e carisma, aliados ao domínio do tema, fato este patente de quem vive o que fala, tornaram o dia excelente. Obrigado.

    Roberto Cayret Filho Coordenador de Supply Chain, Lanxess
  • Excelente treinamento, que mostrou a importância da partipação da liderança na operação e a busca de uma melhoria contínua dos processos. Obrigada!!!

    Rosangela Barbosa Gerente de Unidade operacional, Lanxess
  • Pode ser aplicado no seu trabalho e na vida pessoal.

    Wellington Marengoni Gerente de Obras, CPFL
  • Oportunidade ímpar e de grande valia para fortalecer a cultura de segurança dentra da organização.

    Tiago Spricigo, Gerente de Segurança SETA Engenharia

Melhoria do Comportamento Seguro

A sua cultura de segurança é a soma de todos os comportamentos que os seus líderes, funcionários e contratantes escolhem para fazer. Os comportamentos são qualquer coisa que as pessoas fazem ou dizem. Tudo o que eles fazem e dizem influencia a sua cultura de segurança.

Melhore o
comportamento
continuamente