Skip to content

Comportamento de risco, como os lideres devem atuar

Comportamento de risco, como os lideres devem atuar

Muito tem se falado sobre a cultura e a importância de criar uma cultura de segurança para evitar o comportamento de risco.

Tentar moldar a “cultura” é como tentar finalizar todas as tarefas para ontem, na esperança de ir mais rápido. A cultura é um resultado organizacional e não uma variável independente única.

A cultura organizacional se designa como “vários comportamentos repetidos com mais frequência em uma organização”.

E quem tem o dever de estimular os comportamentos seguros dentre os colaboradores? – Os líderes na operação!

 

Você sabia que aproximadamente 70 % da Cultura é definida pelos comportamentos que os líderes fazem no dia-a-dia?

 

O que os péssimos líderes em segurança fazem?

Em muitos locais de trabalho, ouvimos os chefes ameaçarem os trabalhadores de “entregar a produção a qualquer custo” ou “não irem perder tempo com o treinamento” sabendo que os trabalhadores iriam usar de atalhos inseguros para fazê-lo, executando comportamento de risco.

Outro comportamento crítico conhecido é deixar o local. Um gestor que vê outra pessoa fazendo um ato inseguro e depois se afasta sem interromper a tarefa e corrigir o comportamento de risco, na verdade, está reforçando o ato inseguro. Silêncio é consentimento do ato que está sendo executado pelo colaborador.

Os péssimos líderes possuem um relacionamento pobre com a equipe, barganham para obter apoio, falam mais sobre resultados do que o como fazer, estão em inúmeras reuniões e distantes da equipe, sendo que a própria equipe espera o oposto desta postura.

 

O que os bons líderes em segurança fazem?

Embora existam muitos comportamentos que contribuem para um ambiente de trabalho seguro, um dos mais poderosos é o de líderes que elogiam os trabalhadores por suas práticas seguras de trabalho.

Se é tão rotineiro quanto apreciar alguém por usar seus óculos de segurança em um dia quente ou tão importante quanto reconhecer uma equipe inteira por usar sua autoridade para parar o trabalho em um ambiente inseguro, o reforço positivo dos líderes que pegam as pessoas fazendo as coisas certas é a forma de criar uma cultura de segurança positiva, evitando o comportamento de risco dentre os colaboradores.

 

Responda a pergunta: A sua presença na operação agrega valor pra os funcionários que lá trabalham? Você tem certeza? Você já perguntou sobre o que você pode fazer melhor enquanto líder para diminuir os comportamentos de risco?

Participe do Curso PSC 1.0 – Segurança Comportamental

MASTERCLASS

Liderança Educadora