Você diz que quer Cultura de Segurança, mas vocês estão prontos?

 In Cultura de Segurança

6 padrões mínimos que estão impedindo você de estabelecer uma forte cultura de segurança.

Há seis áreas negligenciadas que são consideradas como padrões mínimos e estão impedindo você de estabelecer uma forte cultura de segurança. Aqui está a lista e como corrigí-los:


Competência. É um padrão mínimo permitido por uma empresa. Nada menos do que competência já é a incompetência. A linha entre os dois é estreita.
Correção: Não mire na competência. Vá além. Mire no domínio da função de trabalho junto com a segurança. Defina um padrão mais elevado para se tornar excepcional em seu trabalho. O desejo de querer proteger será acompanhado por uma habilidade excepcional. As melhores pessoas que fazem o melhor trabalho no melhor programa de segurança são mais do que competentes.

 

ISO (Certificado de Reconhecimento). É um padrão mínimo orientado para o mercado hoje. Qualquer empresa sem uma certificação vai ter dificuldade para atrair novos negócios. Aqueles que estão sem certificação encontram-se espremidos no mercado. Isso torna a certificação um padrão mínimo determinado pelo mercado.
Correção
:
Se você não tiver a certificação, você já está atrás. Conseguir uma certificação é fácil quando os valores “principais” da empresa incluem a segurança. A segurança não pode mais ser um adendo para o trabalho existente. Deve se tornar a base e o fundamento em como você trabalha. Torne isso uma missão empresarial para conseguir a certificação de segurança.

Compliance. É um padrão mínimo de conduta (baseado em regras) esperada em Saúde e Segurança Ocupacional. O não cumprimento gera uma punição ou outra consequência negativa.O compliance é o padrão mínimo definido pelas Normas Regulamentadoras, por toda a Legislação, OHSAS e pelos regulamentos internos das empresas. A lei exige que você atenda a esses padrões mínimos.
Correção: Quando você se concentrar apenas no cumprimento de normas mínimas, você vai limitar o desempenho – você vai ser mais um, com uma nota ruim, num universo medíocre – assim como os alunos “D”, numa sala com média D ou E – grande coisa! Mantenha-se em um nível muito mais elevado. Como explicado sobre a competência, considere alcançar o domínio completo em segurança. Peça, motive, inspire e engaje os seus funcionários para que se comprometam e vivam a segurança como um valor pessoal.

Reuniões de segurança. Reuniões para DDS, emissão de Permissão de Trabalho, de pré-tarefa, de início de turno, etc.. são um padrão mínimo básico para cada local de trabalho. Como um requisito de gestão ou normativo, as reuniões de segurança tornaram-se depósitos de informação (um fala e outros ouvem), comunicados unidirecionais e palestras.Os trabalhadores se sentam nestes eventos sem papel, canetas e não há nenhuma maneira de se lembrar qualquer coisa apresentada. A participação dos trabalhadores não é exigida, não é estimulada e apenas cobra-se o comprecimento.
Correção: Substitua a reunião de segurança com o estilo palestra. Isso inclui você e os profetas do PowerPoint. Considere um formato mais estimulante do assunto de segurança, em que todos participam. Inclua novas idéias. Estimule o pensamento e as sugestões “foras da caixa”. Ofereça aos funcionários a inspiração para abraçar a segurança como um valor pessoal e como parte de suas reuniões de segurança.

Gestão de Pessoas (Anuncie-Avalie-Entreviste-Demita). O velho modelo de gestão dos trabalhadores é um padrão mínimo. Quando você tem alta rotatividade ou um trabalho inconsistente, você torna os funcionários descartáveis. As pessoas vão optar para ir onde o trabalho, o local de trabalho e os valores corporativos são mais segura. Os trabalhadores com fortes valores pessoais para a segurança não são atraídos para programas de segurança mínimos ou tímidos. Se o seu local de trabalho não se buscar um padrão mais elevado, você terá que escolher entre o conjunto de trabalhadores que fica pulando de um emprego para outro. Os anúncios e placas de que “Agora Contratamos” demonstram a sua incapacidade de atrair uma longa fila de bons candidatos.
CorreçãoO melhor lugar para se trabalhar é o lugar mais seguro para se trabalhar. Ponto. Uma cultura de segurança forte é a melhor ferramenta de recrutamento de funcionários, de atração e de retenção. Uma cultura de segurança forte atrai e mantém bons funcionários com fortes valores em segurança. As pessoas querem trabalhar onde eles se sentem respeitados e valorizados. Nada mostra melhor do que uma cultura de segurança que protege e cuida de seus funcionários.

Gerenciamento da cadeia de comando. Este modelo de gestão é um padrão mínimo e é praticamente inútil em segurança. Você não pode mandar os funcionários se comprometerem com a segurança. Na melhor das hipóteses, numa hierarquia, os trabalhadores vão tolerar as regras. As ordens que vem de cima para baixo para que se obedeça às regras de segurança não inspiram e não melhoram o desempenho de um trabalhador. Ele só inspira o trabalho suficiente para não ser demitido.
Correção: A Liderança Efetiva em Segurança é o novo modelo de gestão. Incentivar cada trabalhador para mostrar sua capacidade de liderança. Espalha a responsabilidade de segurança em toda a operação. Faça todos os trabalhadores iguais. O princípio fundamental da liderança de segurança é que os funcionários não trabalham para a gestão. A gestão trabalha para os trabalhadores fornecendo recursos para o desenvolvimento de habilidades, treinamento, inspiração e orientação.

 

Para evoluir  do foco para o atendimento mínimo das normas e alcançar uma forte cultura de segurança requer mais do que novos procedimentos. Ela exige uma mudança filosófica em torno dos valores corporativos: onde os funcionários são valorizados acima de todo o resto. Os bons funcionários com bons valores fazem um bom trabalho, o que gera um bom dinheiro – para você e/ou para a empresa. Comece com a proteção de seus funcionários. Eles vão protegê-lo!

Você tem conseguido melhorar as suas práticas de liderança? E encorajado os demais líderes a fazer o mesmo? Qual foi o resultado? Por favor, compartilhe conosco os seus pensamentos, no espaço para comentários, abaixo.

Carlos Massera é um consultor de gestão e comportamento, palestrante em Segurança e Liderança. Autor de “7 Fatores para o Sucesso de Seu Programa Comportamental, ” O que é a Segurança Comportamental”, “Como a Liderança Garante a Melhoria para a Segurança”  e o seu livro mais novo a ser lançado na Amazon “Aumentando a Percepção dos Riscos”.  Ele é um especialista em como alcançar as pessoas – como falar com elas para ouvirem e entenderem. A palestra de Carlos  “Liderando com a Segurança” vai ajudar a sua organização a alcançar os seguintes objetivos: melhor engajamento e compromisso com a segurança, aumentar o trabalho em equipe, melhorar a comunicação. Clique aqui para obter mais informações e para conversar sobre as  suas necessidades com o Carlos Massera.

Recent Posts