Vencendo os Desafios ao Implantar a Segurança Comportamental

 In Segurança Comportamental

Olá,

A sua empresa vai implantar a Segurança Comportamental? Ou já implantou e está com alguns problemas estruturais?

Uso neste texto a sigla BBS (Behavior Based Safety) para designar os conceitos mais avançados que existem em tecnologia comportamental para a prevenção de acidentes (Segurança Comportamental). Nem tudo que encontramos no mercado qualificado como “Segurança Comportamental” é, de fato, baseado em ciência, ou melhor, não é BBS.

É importante ter em mente a compreensão básica de que o BBS é um processo de parceria entre líderes e os funcionários operacionais, onde um cuida do outro ativamente, um dá apoio ao outro na realização segura, aumentando a atenção para os aspectos críticos de cada processo, aumentando o acerto e melhorando a performance.

 

Durante os 20 anos da M&M Tecnologia Comportamental de atuação em Comportamento Seguro,  tanto no setor industrial quanto de serviços, evidenciamos diversos problemas típicos que podem ocorrer por falta de uma  estrutura adequada e alinhamentos necessários na implantação do BBS, e se não forem bem abordados desde o início, a sustentabilidade e os resultados serão comprometidos.

Isso pode ocorrer especialmente quando as empresas tentam implantar o processo sozinhas ou por diversos fatores houve uma degradação estrutural, e sem conhecer os pilares da Engenharia Comportamental que sustentam a Tecnologia Comportamental vivenciam alguns desafios. O auxílio de um provedor de BBS experiente e com cases de sucesso, como a M&M Tecnologia comportamental,  pode diminuir o tempo e investimento para se alcançar resultados duradouros e contínuos.

Agora, retomando a apresentação de fatores, os aspectos problemáticos usuais são:

  • Pouco interesse da liderança no programa sugerido ou comprado.
  • Pequena participação da liderança.
  • Infraestrutura insuficiente para a gestão do programa.
  • Formulários de observação imprecisos.
  • Treinamentos deficitários que não geram a competência comportamental necessária.
  • Falta de metodologia de análise dos dados das observações, utilizados [F28] para a construção da melhoria contínua da segurança.
  • Planos de ação focados em condições de trabalho e não na melhoria do comportamento.
  • Pouco esforço e  falta de assertividade em apoiar o processo.
  • Feedback impróprio ou desvinculado ao programa.

Em nossas parcerias com os clientes, enfrentamos esses problemas inúmeras vezes, sendo que o gerenciamento desses aspectos sempre foi vital para o sucesso.  Desta forma identificamos 7 fatores vitais para o sucesso da iniciativa comportamental, que são:

  1. Gerar o Desejo (buy-in)
  2. Planejar bem.
  3. Treinar, educando os adultos.
  4. Educar bem as lideranças
  5. Ser preciso, elaborar formulários específicos
  6. Analisar e tratar os dados
  7. Comunicar, Comunicar, Comunicar.

Para você se aprofundar sobre cada um destes fatores, clique na imagem abaixo e faça o download do nosso eBook “7 Fatores para o Sucesso de seu Programa Comportamental”.

Forte abraço!

Carlos Massera
Coach em Comportamento Seguro, Liderança e Cultura de Segurança

Recent Posts
efetividade e sustentabilidadeBaseada na Segurança Comportamental