Usina SJC Inova com o Uso da Segurança Comportamental

 In Segurança Comportamental

Inovação

A M&M Tecnologia Comportamental atendeu neste semestre um pedido para  desenvolver um processo de BBS – Segurança Baseada no Comportamento – vindo da Usina SJC Bioenergia de Goiás, uma joint venture recente com a Cargill e a Usina São João; o Zero Acidentes é o objetivo gerencial atual.

O Time de Facilitadores do projeto foi composto por pessoas da empresa, oriundos das áreas Industrial e Agrícola. Sendo que as suas principais competências são a Liderança, Iniciativa e gostar de Segurança.

O processo de implantação personalizado, com prazo de planejamento tendo apenas cinco dias, com uma implantação simples, rápida e efetiva, resultou de uma conversa entre o consultor em Gestão do Comportamento da M&M, Carlos Massera, e o Gerente de Operações e Planejamento da usina, Geraldo Magela.

O fato da equipe ter sido cuidadosamente escolhida e recomendada pelos gerentes das duas áreas foi um fator importante para o bom andamento do planejamento.

O BBS é baseado na ação de todos os níveis em poucos comportamentos críticos, com alto giro no processo de melhoria contínua, sendo que os dados são confidenciais e o foco positivo. “São líderes, profissionais e apaixonados em fazer segurança. Eles gostam de pessoas”, ressaltou Massera.

Um dos pontos interessantes do método é a falta de um elemento disciplinar, o qual se torna desnecessário dentro do processo BBS. “Nós nem sequer saberemos quem é a pessoa que vai ser observada e também não queremos saber.”, comentou Magela, “estamos focados nos comportamentos.”

Ao final do planejamento, o time desenvolveu um logotipo e um nome, “Viva Melhor”. A empresa M&M Tecnologia Comportamental disponibilizou um software baseado na web – chamado PSCWeb – para que a SJC Bioenergia pudesse dispor de um sistema inteligente para tratamento e gerenciamento de dados comportamentais, com o qual o cliente rastreia e analisa as observações comportamentais para destacar todos aqueles que devem ser direcionados para a melhoria.

A metodologia de BBS da M&M pode ser usada com sucesso, por se tratar de um método flexível, adaptável e sustentado pela Liderança, portanto, ele não se torna obsoleto e nem estagna. Ela se fundamenta em  aprender sobre a empresa e a sua cultura. Segundo Magela, “a abordagem da empresa M&M foi muito boa, dentro do ponto de vista da flexibilidade e adaptabilidade. Eles construíram em cima do que já havíamos feito no passado e dentro daquilo que o grupo queria”.

O Time de Facilitadores definiu os pilotos nas áreas Agrícola e Industrial. Cada área irá definir os seus planos de melhoria baseados nos dados comportamentais e de processo. Os planos de celebrações e incentivos para alcançar os marcos comportamentais, o feedback construtivo, e sempre o ajuste fino contínuo são parte do processo de BBS na Usina SJC Bioenergia.

A missão do viver melhor

Desenvolver o comportamento seguro em todas as atividades, através da responsabilidade pessoal, comprometimento da equipe e o  fortalecimento da confiança entre todos.

“Os membros do time de facilitadores fizeram uma transição muito rápida de alunos a professores, numa usina, o que não é uma coisa fácil de fazer”, diz Carlos Massera, Diretor da M&M Tecnologia Comportamental.

Membros do Time: Alex Rodrigues Batista, Neil Hamilton de Oliveira, Silmara de Carvalho Barbosa, José Renato Dias, Wady Alves Barbosa, Flávio Freitas Faria, Valtênio Gonçalves Pereira, Marciel Silva Franco, Nely Rocha Ribeiro.

 

Jornalista Fabiane Zambelli de Pontes

Facebook:  Fabiane Zambelli de Pontes –  www.facebook.com/fabiane.zambellidepontes

 

Recent Posts
Invalid Campaign Id
comportamento humano