As vagas para o CURSO PSC Segurança Comportamental estão abertas!

Preencha o formulário abaixo e receba em seu e-mail um PDF com o escopo do curso de PSC Segurança Comportamental para garantir clareza na sua aquisição da certificação como consultor PSC.

15

Você participará de um grupo exclusivo por whatsapp e ira receber um coaching mensal para refinar suas habilidades.

Sobre Carlos Massera

Neste vídeo irei contar um pouco da história e as razões que levou a construção da M&M Tecnologia Comportamental e o que se tornou hoje.

“O Zero Acidentes deve ser encarado como um fator fundamental nas indústrias em respeito à vida de seus colaboradores, e não como uma opção.”

  • Diretor Executivo da M&M Tecnologia Comportamental.
  • Especialista em Behavior Based Safety (Segurança comportamental), Liderança Comportamental e Cultura de Segurança.
  • Leader Coach certificado internacionalmente, Analista Comportamental, Engenheiro de Eletricista e de Segurança.
  • +20 anos de experiência em Gestão do Comportamento para a Segurança.
  • Seus projetos receberam premiações nacionais e internacional.
  • Fundador da Empresa de redução de acidentes mais premiada do Brasil.

Premiação Nacional

  1. SESI – Programa de Liderança na Elektro – 2010 (setor industrial)
  2. FUNCOGE – Programa de BBS (Segurança Comportamental) na Elektro – 2010 (setor elétrico / energia)

Premiação Internacional

  • BAT – British American Tobacco – Melhor Programa mundial em 2013 pela melhoria em Redução de Acidentes, Liderança e fortalecimento da Cultura.

Veja as perguntas frequentes em um exclusivo PDF que será encaminhada para o seu e-mail.

Quem já implementou e assegura os resultados

Depoimentos

  • Nos últimos 5 anos ocupo o cargo de Responsável da Área de Armazenagem e Expedição. Consideramos esta área como a de maior perigo na Cebrace, pois é onde de fato há o contado direto do homem com o Vidro. As demais áreas que compõe os processos produtivos são bem automatizadas. Esta área de trabalho é apaixonante, e acho que o ingrediente que a torna assim é a busca contínua do aumento da eficiência, aliada a melhoria da qualidade, sendo que “Qualidade” aqui é empregada no sentido mais amplo possível. Buscamos não só elevar o nível do padrão de nossos serviços prestados aos nossos clientes, mas também promover o crescimento profissional e pessoal de nosso time. A filosofia da “multi-função”, a capacitação de todos, o sentimento de equipe, e o entrosamento do time são enfoques fundamentais. A auto-estima elevada da equipe, e um serviço de excelência, são os produtos finais esperados. Para seguir nesta direção, o PSC tem sido essencial. Este “Processo” é compatível com os outros programas e objetivos da empresa. Em 5 anos nesta área, conseguimos aumentar a eficiência em mais de 50%. E o mais importante, o número de acidentes com afastamento de Terceiros, caiu de 18, em 2001, para 3 em 2004. Já com a equipe Cebrace, este número caiu de 4 acidentes, para “zero” em 2004. A Cebrace sempre procurou formas de melhorar nossos padrões de segurança, inclusive somos certificados na OHSAS 18000 desde de 2001. Porém, apesar dos avanços na área de segurança resultantes do sistema, atingimos um patamar em que não conseguíamos mais avançar. Percebemos que esbarrávamos em algo, que não era possível suplantar. Foi então que identificamos a barreira do “Comportamento Humano”. Ou seja, percebemos que por mais que aprimorássemos os processos, equipamentos, e procedimentos, alguns acidentes persistiam, e estavam associados a outros fatores não ambientais. O PSC foi a ferramenta que veio de encontro a esta necessidade, e hoje nos Encontramos em outro patamar de profissionalismo. Eu resumiria isto tudo dizendo que o PSC é um processo que permitiu o Amadurecimento da equipe, e me incluo nesta “equipe”.

    Alexandre Toledo Cebrace
  • Trabalho na Saint Gobain há 5 anos e presenciei alguns acidentes, não sei dizer quantos, incidentes foram ainda mais.Estou na área de projetos a 1 ano. Meu cargo é supervisor de produção. A nossa cultura de segurança não tolera os menores acidentes e todos eles são tratados e tomadas as devidas providências. Digo portanto que a cultura é muito forte, e que é muito bom trabalhar num lugar assim. Começamos a trabalhar com a metodologia comportamental da M&M por necessidade, pois estávamos sentindo na pele o problema da segurança. A abordagem comportamental trouxe diversos benefícios como por exemplo: · Aumento do comportamento seguro, o que acabou reduzindo o número de acidentes e incidentes. · Conseguimos aproximar pessoas de níveis hierárquicos diferentes, principalmente o de chão de fábrica. Sendo assim, encaramos os acidentes de forma diferente, procuramos soluções ao invés de culpados.

    Marcelo Schoba Saint Gobain Abrasives
  • “Iniciamos a implantação do PSC no final de 2003 com auxílio da MM, com o objetivo de termos uma evolução gradual, consistente e permanente na questão de segurança comportamental. Acidentes podem ser provocados por deficiências nas condições das máquinas e equipamentos ou por causas comportamentais. Certamente as causas comportamentais tem um papel de extrema importância na ocorrência ou prevenção dos acidentes. Normalmente as pessoas e organizações alternam períodos de maior atenção às questões de segurança comportamental com períodos de relativo relaxamento. O objetivo do PSC é que estejamos permanentemente alertas e retroalimentando o sistema, com mecanismos de feedback e incentivos, transformando a questão de segurança comportamental em algo de interesse coletivo e integrado à cultura dos colaboradores da unidade”.

    Ernani Kato, Gerente Industrial, Saint Gobain Abrasives

Data Limite 16/12
Não deixe para depois o seu aperfeiçoamento profissional