3 Estratégias para Melhorar a Segurança Corporativa

 In Liderança em Segurança

Quando você se compromete com a segurança dos trabalhadores, você se compromete com o empowerment dos funcionários. Você se compromete a destravar capacidade pessoal deles de liderar.

 

O compliance (cumprir regras e normas) em Segurança nivelou o jogo e garantiu padrões mínimos para os trabalhadores permanecerem seguros no trabalho. Isso significa que os funcionários seguem os protocolos, mesmo quando eles não se afinisam com os valores pessoais do próprio funcionário. O compliance em Segurança fez o que era esperado ser feito. Foi bom enquanto durou. Mas os dias de uma cultura corporativa construída em torno de segurança baseada em conformidade estão contados.

Hoje, há uma série de discussões sobre segurança (na verdade, Normas Regulamentadoras); mais do que no foco de processos e gestão. Nunca antes na história, tivemos melhores processos e procedimentos em matéria de segurança. Nunca antes na história, houve profissionais de segurança mais certificados. Então, porque não é a indústria do Zero Acidentes? Por que a segurança não é um problema de regras e processos. É um problema de pessoas. Os processos funcionam – mas só quando as pessoas os usam.

Bem, processo ainda é importante, mas estamos numa nova era de segurança que se concentra em pessoas no trabalho mais do que  em documentos. Ela exige que os gestores operacionais tenham habilidades de coaching, mentoring e sejam capazes de inspirar os funcionários. Afinal de contas, os gestores são o primeiro ponto de contato entre o programa de segurança e os funcionários que podem se acidentar.

A relação entre o gestor operacional e o funcionário operacional é a cultura , pois este  é o lugar onde ela é criada. O comportamento aceitável é imposto pelos gestores operacionais e pelos gerentes. Gestores sem habilidades podem se tornar parte da equipe e não liderar. Uma nova equipe significa um novo risco de acidente. A gerência sênior pode tentar iniciar uma mudança de cultura, mas é na operação que ela tem quer ser aceita ou é engolida pela cultura antiga.

 

Então, onde é a Segurança precisa avançar?

A segurança precisa de se tornar mais pessoal. Ela tem que unir os valores corporativos e os dos funcionários. As empresas têm de se tornar tão comprometidas com a segurança como elas são para a lucratividade.

Aqui estão 3 estratégias para melhorar o programa de segurança corporativa:

A Segurança desbloqueia a Liderança. A segurança é o veículo de entrega que une os valores do empregado com os objetivos corporativos. A segurança é uma excelente conversa inicial. Nenhum funcionário quer ver um colega de trabalho se machucar e nenhum gestor quer que o seu subordinado se machuque. Os funcionários já concordam com o conceito de segurança. Portanto, use a segurança como a porta de entrada que abre as conversas sobre a capacidade de liderança pessoal.

É impossível ter uma conversa sobre a o que foi feito e os resultados sem discutir as escolhas pessoais. Pergunte a seus liderados para demonstrar a sua capacidade de liderança pessoal. Ajude-os a ter orgulho do seu trabalho e de suas escolhas. A segurança é como você faz para que o melhor deles se manifeste. Se os funcionários não tiverem orgulho do seu trabalho, eles não vão se comprometer a fazer o trabalho com segurança . Você não pode ter um compromisso total com a segurança sem um verdadeiro compromisso com a responsabilidade pessoal.

Convicção da Alta Administração para com a segurança. Os gerentes sêniores devem ter um nível de convicção para a segurança antes de tentar vender o programa de segurança para os funcionários. Sem a convicção, sem o “walk the talk”, o mensageiro e a mensagem não tem credibilidade. Lembre-se : todos são inteligentes, não é só você! Quando você está no palco (quando os olhos estão em você), as pessoas não se importam com o que você tem a dizer. Na verdade, a maioria pode acreditar no que você tem a dizer. Mas eles vão estar verificando o  como você vive a sua mensagem e se acredita nela. “

Quando a gerência sênior compromete-se com a segurança, eles se comprometem em remover as barreiras para o sucesso da segurança.  Os gestores operacionais e os gerentes terão de desenvolver melhores habilidades de gestão e liderança. É muito fácil afirmar que está sobrecarregado e que não tem tempo. Na verdade, esta justificativa é um sintoma da incompetência. Quanto melhor a gestão operacional e as habilidades de coaching destes, melhor é o desempenho de segurança. O bom desempenho da segurança significa menos interrupções de trabalho na operação. As interrupções operacionais (anomalias) são a maneira mais rápida da empresa perder dinheiro e competitividade. Você pode manter altos lucros, investindo no desenvolvimento de competências para os gestores operacionais e gerentes. (Para saber mais sobre isso, acesse a nossa página com o programa de desenvolvimento da liderança  e de cursos para os líderes).

Encontre o Benefício para o funcionário. O que há na Segurança para os funcionários? Por que eles deveriam escolher a Segurança? A  recompensa ou o benefício não inclui a palavra  não  (não se machucar, não perde o seu emprego, não faça o que eu fiz, etc …) O “Não”  não é uma recompensa e nem um benefício. E o benefício para cada funcionário provavelmente vai ser diferente. É aqui que as habilidades de gestão e de coaching serão benéficas para o líder descobrir o benefício para cada pessoa. O conjunto de habilidades do gestor operacional pode ajudar aos funcionários a remover as barreiras ao comprometimento com a segurança. Quando os funcionários estão dando desculpas para não abraçar a segurança, vemos um reflexo da falta de habilidade de seus líderes, assim como o fato dos funcionários não terem escolha, a não ser de encontrar o compromisso.

Quando você se compromete com a segurança dos funcionários, também se compromete com a capacitação e o desenvolvimento deles. Você se compromete a destravar a sua capacidade de liderança pessoal. Isso é mais do que simplesmente colocar dinheiro no programa de segurança. Para melhorar a segurança, as empresas devem primeiro melhorar os seus funcionários. Afinal, o negócio fica melhor quando as pessoas no negócio melhoram. A Segurança fica melhor quando os funcionários operacionais melhoram.

Alinhe o seu programa de segurança com habilidades de liderança e de coaching em segurança. Desenvolva mais líderes em segurança. Os funcionários recebem treinamento de segurança antes de irem para a operação. Certifique-se de que seus gestores, todos eles, obtenham uma formação sólida nas competências de liderança antes de irem para a operação. A segurança é como você inicia a conversa sobre melhorar a cultura corporativa.

Você tem conseguido melhorar as suas práticas de liderança? E encorajado os demais líderes a fazer o mesmo? Qual foi o resultado? Por favor, compartilhe conosco os seus pensamentos, no espaço para comentários, abaixo.

Carlos Massera é um consultor de gestão e comportamento, palestrante em Segurança e Liderança. Autor de “7 Fatores para o Sucesso de Seu Programa Comportamental, ” O que é a Segurança Comportamental”, “Como a Liderança Garante a Melhoria para a Segurança”  e o seu livro mais novo a ser lançado na Amazon “Aumentando a Percepção dos Riscos”.  Ele é um especialista em como alcançar as pessoas – como falar com elas para ouvirem e entenderem. A palestra de Carlos  “Liderando com a Segurança” vai ajudar a sua organização a alcançar os seguintes objetivos: melhor engajamento e compromisso com a segurança, aumentar o trabalho em equipe, melhorar a comunicação. Clique aqui para obter mais informações e para conversar sobre as  suas necessidades com o Carlos Massera.

Recent Posts